Moda, Tendências

Portugal Fashion – as tendências

O Portugal Fashion chegou à invicta com uma nova cara. Desta vez, o Parque da Cidade do Porto foi o centro das atenções ao transformar-se numa mini cidade da moda.

A 42.º edição teve a sua primeira passagem pela capital, ao qual foram sete os desfiles que animaram o novo Terminal de Cruzeiros de Lisboa. Os nomes que por ali desfilaram já fazem parte do ADN do Portugal Fashion e mais uma vez, a dupla Storytailors iniciou a onda de desfiles. Seguiu-se Susana Bettencourt com “Machine After Machine”, onde expressou uma crítica aos tempos modernos, à era dos smarthphones e robots, através das malhas tricotadas com grafismos e das bombazines em tons quentes.

O Portugal Fashion viajou depois até ao norte, no segundo dia desta edição, com o espaço BLOOM, onde os “rebentos da moda” deram asas à inspiração e mostraram as suas criações outono/inverno.

No terceiro dia, no mesmo local e sobre o mesmo ambiente, Carla Pontes escolheu o algodão, a , as silhuetas destruturadas e os fortes contrastes de cor para desenhar a sua coleção “Sound”.

Já, Luís Buchinho presentiou os presentes com um filme de ficção científica através de criações feitas com materiais rijos e em tons escuros, como já nos é familiar.

No último dia, Katty Xiomara inspirou-se no cubismo e no abstracionismo lírico e aqueceu a coleção com silhuetas fortes, assimetrias e sobreposições de peças, variando entre o veludo, o algodão e a seda, num jogo intenso de cores.

Diogo Miranda fechou o circuito de desfiles com silhuetas completas vestidas a tafetá, decotes pronunciados, peças volumosas e cortes torcidos.

Em retrospectiva, foi ao longo de quatro dias de Portugal Fashion e em duas cidades diferentes, que as tendências para a próxima estação fria foram desvendavas (e ainda nem começamos a disfrutar da primavera!).

 

Foto: Ana Regina Ramos

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *